MARÇO AMARELO, AZUL MARINHO E LILÁS :
MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE ENDOMETRIOSE E CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E COLORRETAL

15/Mar/2022 - 08:58

Março, também considerado o mês da mulher, traz consigo a Campanha Março Amarelo, Azul-Marinho e Lilás, três cores que simbolizam a luta contra a Endometriose, o Câncer Colorretal e o Câncer de Colo do Útero, além de contribuir para o fortalecimento social sobre os cuidados essenciais com a saúde.

A endometriose é uma doença crônica que afeta mulheres em idade reprodutiva e ocorre quando o endométrio - mucosa que reveste o útero internamente e se reconstrói a cada ciclo menstrual - tem um crescimento desregulado e seu aparecimento se torna mais frequente fora do útero. A doença afeta diretamente milhões de brasileiras e possui uma margem de maior risco entre mulheres que tiveram o primeiro filho após os 30 anos de idade. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde - OMS, essa enfermidade atinge cerca de 7 milhões de mulheres no Brasil.

O câncer colorretal é um tumor maligno que se desenvolve no intestino grosso e se origina a partir de pólipos - lesões benignas que podem crescer na parede interna do intestino grosso e que ao longo dos anos, sofrem alterações progressivas em suas células. A principal forma de prevenção é o exame de colonoscopia, que detecta e possibilita a retirada dos pólipos antes de se degenerarem em câncer. Dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer) mostram que esse tipo de câncer é a terceira patologia mais frequente entre os homens, depois do câncer de próstata e de pulmão, e, a segunda mais incidente nas mulheres, perdendo apenas para o câncer de mama, sendo também comumente predominante na faixa etária adulta, principalmente a partir da quinta década de vida.

O câncer do colo do útero é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano - HPV, que na maioria das vezes não causa doença. Entretanto, em determinados casos ocasiona alterações celulares que podem evoluir para o câncer. A melhor forma de prevenção e diagnóstico precoce pode ocorrer através do exame preventivo, popularmente conhecido como Papanicolau, sendo curável na maioria dos casos. Dados do INCA mostram que essa patologia é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina (atrás do câncer de mama e do colorretal), e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

A Secretaria Municipal de Administração - SEMAD, alerta a todos os servidores municipais sobre os mecanismos existentes de prevenção, informando que o diagnóstico precoce é fundamental para o aumento das chances de cura e também pode ser feito através de exames periódicos disponíveis nas redes pública e privada. Outrossim, o Março Amarelo, Azul-Marinho e Lilás, também visa dar maior ênfase às informações já existentes e busca fortalecer o diálogo acerca dessas patologias, haja vista a grande presença delas na sociedade.

Compartilhe nas redes:
Twitter Whatsapp

Utilizamos cookies em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
2024 © Prefeitura de Porto Velho - RO - SMTI